quinta-feira, 2 de setembro de 2010

O tempo

Tanto tempo que eu não escrevo e tanto tempo que eu não tenho tempo para escrever.
E não tenho assunto. Tenho trabalhado muito e ainda não consigo me desligar nem um minuto do trabalho para pensar um pouquinho e ir colocando uma letrinha atrás da outra e com prazer ver o que vai saindo. Nem sempre é bom, mas ao menos não fica dentro de mim latejando! 
Tenho saudades da minha casa, dos meus pais, da minha irmã do meu marido, das minhas filhas e de mim!

Um parágrafo. Amanhã tento mais! Com empenho paçoca
Hoje vou de Gustav Klimt. 

4 comentários:

Chica disse...

Que arrumes mais tempo pra ti e fiques bem.Isso é o que importa,né?beijos,chica

Tertúlias... disse...

Andávamos com muitas saudades... Nao exagere com tanto trabalho... Tomara que voce consiga mais tempo, para voce, para os teus e... para mim também (Chego dia 12 - já te enviei um e.mail com o telefone!). Beijo

Ricardo

Tertúlias... disse...

P.S. A última casa de Klimt é aqui do lado... 50 metros da minha... sabia?

Anônimo disse...

Quero um tempinho com voce tambem...
Souflee de queijo de cabra...saladinha de folhas...cafezinho...
Bjs
Re