terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Essa é velha, mas minha irmã não viu!!!

Para Tati começar o ano rindo...
http://www.youtube.com/watch?v=9NrBR8B3dlU

Só para esclarecer:

Acredito em psicanálise.
Acredito em Freud e o admiro muito.
Minha Analista é uma pessoa séria, integra e generosa e isso é quase tudo o que eu sei sobre ela que também tem ética.
Fiz seis anos de análise e isso foi extremamente importante e libertador para mim.
Mas entendo que nem todos precisam deste tipo de ajuda.
Ado Ado Ado cada um no seu quadrado, só para usar um hit de 2008.
Ando às voltas com minhas listinhas de New's years resolution, e como sempre elas são enormes e estão em vários bloquinhos. Mas uma coisa é certa à meia noite do dia 31 vou estar pensando em todas as pessoas que eu conheço, nas que não conheço pessoalmente ainda e nas que nem vou conhecer, vou desejar muita paz para todos nós, vou agradecer a todos os que participaram do meu ano ajudando, informando, entretendo, organizando, limpando, cuidando, rezando...
Não eu não pretendo pedir nada além de Paz e Saúde para todos nós (o que não é tão simples assim).
Como eu tenho muita saúde e Paz vou lutar para conquistar os meus objetivos.
Bjs Paçoca

sábado, 27 de dezembro de 2008

New Year's Resolution


Já é hora de começarmos os planos para o próximo ano.
Ouvi dizer que é preciso termos muito cuidado com o que desejamos.
Eu tive uma prova disto, há duas semanas.
Hoje faz um ano (e estou escrevendo isto logo hoje por coincidência) que eu terminei a análise.
Não eu não tive alta. Foram seis anos muito ricos e que eu sinto muitas saudades.
Bom... eu ia falando sobre desejos.
Em maio eu estava com muitas saudades da minha analista e desejei vê-la.
Coincidentemente foi num domingo dia das mães que eu a vi. Eu e o marido estávamos no Shopping da Gávea com uns amigos esperando as crianças que estavam no cinema. Eu na mesma hora levantei e falei com ela.
E... então agora no fim do ano, eu lia (Mentiras no Divã) e me deu uma saudade dela. E... desejei vê-la.
Fazendo as compras para a ceia de Natal num lotado supermercado carioca. Quem eu avisto no meio da muvuca??? Ela mesma, a minha analista em carne e osso.
Não, eu não falei com ela. Estive ao lado dela três vezes e não consegui. Sabia que estava com a face ruborizada e não consegui.
Vida que segue, voltei pra casa um tanto frustrada e de repente me lembrei que eu tinha desejado vê-la e fiquei impressionada comigo mesma.
No dia seguinte estava almoçando com o marido e contei a ele o que tinha acontecido.
Ele na mesma hora disse: - Você é louca!!!
Imaginei que ele tivesse dito isto pelo fato deu acreditar que eu tinha desejado e o desejo tivesse se realizado. O marido é um tanto cético.
Ele disse você é louca, então desejou uma coisa e na hora agá desistiu?
Eu fiquei feliz por ele ter embarcado na minha loucura...
De qualquer forma da próxima vez que eu quiser ver minha analista vou desejar vê-la, falar com ela e... ou melhor quem sabe voltar para a análise...
Porque da primeira vez eu falei com ela e desta vez não?, você deve estar se perguntando. Eu também fiquei pensando o porquê. Ah! sim da primeira vez eu estava com o marido que me dá forças.
Esqueci de dizer que minha analista tem uma irmã gêmea idêntica e podia não ser ela...rsrsrsrs.
Não reli, depois eu conto como foi o natal. Agora vou fazer minha listinha para o próximo ano. beijos da Paçoca

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Parabéns Clarinha!!!


Hoje é aniversdário da minha querida sobrinha Clarinha.
Que mora longe, mas esta sempre por perto no nosso coração e nas lembranças.
Foi uma nenem muito meiguinha, uma garotinha que usava cabelinho "charneyzinho" . Muitos anos de vida e um beijo carinhoso. Depois eu ligo.

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Farofa Não!!

Finalmente consegui organizar e produzir um natal. Resolvi que este ano não ia comprar nenhum enfeite, nem árvore, nem nada... Resolvi usar minha criatividade que não é pouca!!! Como minha modestia também rsrsrssr!!!
Peguei umas pinhas que são abundantes em Pampa-linda, fiz uma espécie de pirâmide que ficou parecendo uma árvore, coloquei os enfeites de natal que eu mais gosto, muitos eu ganhei de presente, como uns corações vermelhos que minha irmã me deu há alguns anos. Tive muita sorte desta vez e as luzinhas funcionaram sem problemas. Dei acabamento em uma guirlanda. Tenho o mesmo aro há anos e sempre dou um jeito de inventar algo novo, desta vez envolvi com um tecido verde e rosa, terminei com um lação do mesmo tecido e apliquei muitos enfeitinhos que mamãe me deu há muitos anos. Assim vou colocando um pedacinho de mim e dos meus em cada parte do natal. Fabriquei também um arranjo para o centro de mesa que ficou lindo.
Comprei uns poucos presentes e neste fim de semana me dediquei ao cardápio.
Fiz uma mousse de chocolate bem amargo e congelei.
Fiz fios d'ovos ( é isso mesmo eu mesma faço desde que tenho quinze anos)
Fiz uma Baba de moça para rechear a torta de nozes, que eu farei na véspera.
fiz um chutney de banana(em Pampa-linda também tem muitas bananeiras) com tâmaras que ficou divino!!!
Comprei um tender que o marido adora, e comprei salmão defumado que eu adoro.
vou fazer uma salada verde, uma arroz de açafrão com pipoca de arroz selvagem e um roast beef, que as crianças gostam, ou melhor suportam... Elas não gostam muito de comer!!!
Não eu não vou fazer farofa de tudo nem salpicão de lata. Aquele famoso que com certeza alguma tia sua vai levar para o natal.
Uma lata de abacaxi, uma lata de seleta de legumes etc e tal. Vou parando por aqui pois a caçula já está aqui na pressão. Feliz Natal

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

A triste e dura realidade.

Nem tão triste nem tão dura!!!
Cheguei ontem das minhas, como já disse,quartas férias este ano.
Ainda não tenho fotos. Vou revelar, isto é : passar para o computador e publico aqui.
Os dias estavam lindos, curtimos muito a praia. Ubatuba tem praias maravilhosas e limpas.
O que mais gostei foi ver as duas meninas tendo aula de surfe. Quase morri de rir.
Como também já disse aqui, sou muito branquinha fico o tempo todo debaixo da barraca. Lendo lendo e lendo. Reli o Dom Casmurro. Delícia. Tenho pena das tentativas fracassadas de tranformar este livro em filme, ou mini série ou seja lá o que for.
As pessoas se apegam muito a Bentinho, Capitu e Ezequiel, se ela traiu ou não. Pouco importa o que é maravilhoso no livro é o jeito do Bruxo escrever. O banho de cultura, de língua portuguesa, de ironia e da percepção do ser humano que Machado imprime ao seu texto.
Na verdade estava escrevendo só para dizer que eu estou um tanto sem tempo, para colocar todas as coisas no lugar, lavar a roupa suja da viagem, fabricar rapidamente uma árvore de natal, um cardápio para a noite de natal, que eu mesma possa fazer. Comprar presentes para as meninas que fazem listinhas intermináveis.
E Blá...Blá...Blá...

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Férias? De novo?





Estou me preparando para sair uma semana de férias com a família. Vamos dormir uma noite em Pampa-linda e depois Parati e Ubatuba. Volto na segunda que vem.
Eu que não trabalho, já estou nas quartas férias este ano.

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Missão Cumprida/Missão Comprida!!!

Sempre fui péssima aluna. Nunca entendi pra quê a escola servia.
Lembro-me muito bem do constragimento que eu fiquei, quando, aos sete anos, minha mãe veio conversar comigo pela primeira vez sobre este assunto.
Na verdade ela não falou nada demais, só disse que eu precisava me dedicar mais aos estudos. Eu já naquela época (terceira série do curso primário) tinha minhas dificuldades e as notas refletiam isso.
Acho que foi aí que meu rótulo de vagaba começou.
E ninguém nunca notou que eu me esforçava, mas a coisa não acontecia.
Tive professores particulares aos montes. Quando o professor particular explicava eu entendia tudo!!! Tornava-me amiga deles e já tendo terminado o livro e os exercícios, já que eu não tinha dúvidas... ficávamos conversando.
O que eu não sabia e só vim a descobrir anos mais tarde é que só tem dúvidas quem sabe, quem não sabe nada não tem dúvidas.
Minha vida escolar virou uma grande bola de neve.
A cada ano tinha que estudar mais e mais para passar e aprendia menos. Até que aceitei o rótulo de vagaba e curti a vida a doidado, acompanhada pela sombra da bronca de quando chegasse o boletim.
Não faltava um dia sequer. Ficava na escola até mais tarde batendo papo.
Depois eu tomo coragem e conto que fui reprovada quatro vezes!!!
Certa ocasião... (minha avó sempre começava a me contar algo assim) eu ouvi dizer que o Padre Antonio Vieira tinha sido péssimo aluno nos bancos escolares e um dia teve um estalo e virou o Padre Antonio Vieira.
Bom daí em diante eu deixei de rolar minha bola de neve e fiquei a espera do estalo, que nunca veio.
Sorte a minha, já que não virei o Padre Antonio Vieira!!!!!
Eu só queria dizer que minhas duas filhas passaram de ano.
Parabéns para elas. Acho mesmo um luxo passar de ano direto.

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Meu predileto


Adoro o Freddy Mercury. Sempre que estou triste me consolo com esta música. Gosto dele porque ele colocava sentimento em tudo o que fazia.

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Verão em Barcelona


Ontem fui como de costume ao cinema com uma amiga.
Primeiro almoçamos e depois corremos para o cinema sessão das 13:30hs de um dia chuvoso em Ipanema.
Minha amiga chegou, como de costume, reclamando do calor.
Estava como de costume muito bem arrumada e com a roupa adequada para aquela ocasião.
Cedi meu lugar a ela pois achei que onde estava sentada estava mais fresco e ela se sentiria mais confortável ali.
Minha amiga só queria tomar um sopinha de feijão.
Eu ainda não sabia o que queria.
Sopinha de feijão terminantemente.Não!!!
Afinal não tinha a sopinha que minha amiga tanto queria e...
ela se contentou com um arroz que como de costume escolhia.
Àgua com gás para mim, sem gás para ela.
Finalmente eu escolhi uma saladinha com tomate cereja e mix de folhas, acompanhada de rosbife com molho de mostarda.
Rachamos um suave e delicioso quibe de espinafre com hortelã.
Por fim café e um imperdível bolo de aipim.
O cinema? chegamos na hora, escolhemos o último lugar da última fileira.
No cinema havia outras meia dúzia de pares de gatos pingados.
O Filme? Woody Allen!!!
Passado na Espanha e entre tantas outras coisas é uma sárcastica e bem dirigida crítica à sociedade americana!
De um lado 2 mulheres, lindas jovens e americanas e com um futuro inteiro pela frente.
De outro um lindo e sensual pintor catalão com um passado inteiro para trás.
Apesar de se passar nos dias de hoje, não há no filme neunhuma imagem dos confortos da vida moderna. Não se vê uma imagem de computador, música eletrônica, cenas de ação,perseguição. Até o relógio da Vicky é analógico! Vicky sabe o que quer. Estuda literatura catalã, vai se casar com um american boy que já encontrou o futuro para os dois.
Cristina em busca do que pode querer sabe o que não quer.
Juan Antonio sedutor sabe como conseguir o que quer. Sabe que não pode fugir ao seu destino que já está traçado e já que a vida é curta, sem futuro e preso ao passado se diverte como pode.
Divertimento é algo que para praticarmos, precisamos apenas de vontade. Não existe espaço para culpas, nem futuro, nem objetivo, just having fun!!!
Maria Elena mulher que como tantas outras só quer amar e ser amada. Ela sabe como manter acesa a chama do que quer para sempre.
Um filme um tanto sedutor, como é a cidade de Barcelona, seus "Gaudis", seus restaurantes seus espaços ao mesmo tempo amplos e acolhedores.
Um filme sem nús e sexo explícito. Não por acaso o diretor só nos mostra o rosto dos que estão se amando.
A música é linda e sedutora.
Woody primeiro nos seduz com a possibilidade de um futuro um tanto caliente. Depois nos enquadra em seu "American Way of life" seguro de uma necessária escolha na vida.
Sabemos que ser livre, louco, artista e morar em Barcelona é para poucos.
P.S. o American Boy usa um lap top, ele já encontrou o quer e só precisa de uns poucos dólares para encontrar a felicidade em qualquer loja.

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Fim de semana no Rio.

Este fim de semana choveu muuuuuito.
Adoro ficar em casa. Leio meus livros, folheio uns tantos outros, cozinho, bordo uma interminável bolsa (penelope). Durmo, acordo, alimento minha ninhada (que todos já sabem é um tanto preguiçosa).
E... folheando um deste livros achei uma foto linda de uma aula de Ballet. Lembrei do meu amigo do Tertulias que gosta, entre muitas outras coisas, de Ballet. Esta foto vai para ele, que com seus posts me desperta a curiosidade. A foto foi publicada num livro Francês L'homme et la Danse" de Jean Pierre Pastori. Repare na aplicação dos mestres e dos pupilos...
A legenda da foto: George Balanchine et Jerome Robbins faisant répéter Pulcinella au New York City Ballet (1972) (photo Martha Swope).

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Assim não dá!!!

Hoje é feriado de Zumbi dos Palmares. Acordei cedo como de costume, apesar de estar exausta e vim aqui navegar um pouquinho.
Passei estas últimas semanas acordando as meninas, que estão nos finalmente do ano letivo e por isso tem a maior dificuldade de acordar. Chamo umas trocentas vezes e nada, só saem da cama na última hora. Como eu ia dizendo ... é feriado e eu acordei cedo, apesar de estar cansada blá,blá,bla... Mas, eis que dois minutos depois deu entrar na web, minha filha mais velha,já acordou e já esta me pressionando pra entrar no computador. Enquanto eu escrevia este pouquinho e nem tinha arranjado alguma ilustração, eu pude ouvir a voz do marido, que também já acordou e a voz da caçula e o interfone e a campainha. Depois eu Volto. São 7:23 de um feriado no meio da semana. Beijo da Paçoca.

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Eu também!!!!

Também nasceram em november 18:
1522 - Lamoral, Count of Egmont, Flemish general and statesman (d. 1568)
1630 - Eleanor Gonzaga, Empress of the Holy Roman Empire (d. 1686)
1647 - Pierre Bayle, French philosopher (d. 1706)
1727 - Philibert Commerçon, French naturalist (d. 1773)
1772 - Louis Ferdinand of Prussia, German prince (d. 1806)
1774 - Wilhelmine of Prussia, queen of the Netherlands (d. 1837)
1785 - David Wilkie, British artist (d. 1841)
1787 - Louis-Jacques Daguerre, French inventor and photographer (d. 1851)
1804 - Alfonso Ferrero la Marmora, Italian general and statesman (d. 1878)
1810 - Asa Gray, American botanist (d. 1888)
1832 - Adolf Erik Nordenskiöld, Swedish explorer (d. 1901)
1836 - Sir William S. Gilbert, British dramatist (d. 1911)
1836 - Cesare Lombroso, Italian psychiatrist and founder of criminology (d. 1909)
1839 - August Kundt, German physicist (d. 1894)
1856 - Nicholas Nikolaevich, Grand Duke of Russia (d. 1929)
1861 - Dorothy Dix, pseudonym of US journalist Elizabeth Meriwether Gilmer (d. 1951)
1874 - Clarence Day, American author (d. 1935)
1882 - Amelita Galli-Curci, Italian soprano (d. 1963)
1882 - Jacques Maritain, French philosopher (d. 1973)
1883 - Carl Vinson, U.S. Congressman (d. 1981)
1897 - Patrick Blackett, British physicist, Nobel Prize laureate (d. 1974)
1898 - Joris Ivens, Dutch filmmaker (d. 1989)
1899 - Eugene Ormandy, Hungarian-born conductor (d. 1985)
1901 - George Gallup, American statistician and opinion pollster (d. 1984)
1904 - Jean Paul Lemieux, Quebec painter (d. 1990)
1906 - Klaus Mann, German writer (d. 1949)
1906 - George Wald, American scientist, recipient of the Nobel Prize in Physiology or Medicine (d. 1997)
1906 - Alec Issigonis, Greek-British car designer (d. 1988)
1907 - Compay Segundo, Cuban musician (Buena Vista Social Club) (d. 2003)
1908 - Imogene Coca, American actress and comedian (d. 2001)
1909 - Johnny Mercer, American lyricist (d. 1976)
1911 - Attilio Bertolucci, Italian poet and writer (d. 2000)
1913 - Endre Rozsda, French surrealist painter (d. 1999)
1915 - Ken Burkhart, American baseball player and umpire (d. 2004)
1917 - Pedro Infante, Mexican actor and singer (d. 1957)
1918 - Tasker Watkins, Welsh World War II hero (d. 2007)
1919 - Jocelyn Brando, American actress (d. 2005)
1920 - Mustafa Khalil, Prime Minister of Egypt (d. 2008)
1922 - Luis Somoza Debayle, Nicaraguan president (d. 1967)
1922 - Al Dvorin, American Elvis Presley concert announcer (d. 2004)
1923 - Alan Shepard, American astronaut (d. 1998)
1923 - Ted Stevens, American politician
1924 - Alexander Mackenzie Stuart, Scottish jurist (d. 2000)
1925 - Gene Mauch, American baseball manager (d. 2005)
1927 - Hank Ballard, American musician (d. 2003)
1928 - Otar Gordeli, Georgian composer
1932 - Nasif Estéfano, Argentine racing driver {d. 1973)
1934 - Vassilis Vassilikos, Greek writer and ambassador
1935 - Rudolf Bahro, German dissident (d. 1997)
1935 - Rodney Hall, Australian author
1936 - Don Cherry, American jazz trumpeter (d. 1995)
1939 - Margaret Atwood, Canadian writer
1939 - Brenda Vaccaro, American actress
1940 - Qaboos ibn Sa’id, Sultan of Oman
1941 - David Hemmings, British actor (d. 2003)
1942 - Linda Evans, American actress
1942 - Susan Sullivan, American actress
1944 - Wolfgang Joop, German artist and fashion designer
1945 - Wilma Mankiller, first female Chief of the Cherokee Nation
1946 - Alan Dean Foster, American author
1947 - Jameson Parker, American actor
1948 - Andrea Marcovicci, American singer and actress
1948 - Jack Tatum, American football player
1950 - Graham Parker, English singer
1950 - Rudy Sarzo, Cuban bass guitarist (Quiet Riot)
1950 - Eric Pierpoint, American actor
1951 - Justin Raimondo, American author
1952 - Delroy Lindo, British actor
1952 - Peter Beattie, Australian politician
1953 - Alan Moore, British comic book writer and novelist
1953 - Kevin Nealon, American comedian and actor
1954 - John Parr, British pop singer
1954 - Evan Gray, New Zealand cricketer
1955 - Carter Burwell, American composer
1956 - Noel Brotherston, Northern Irish footballer (d. 1995)
1956 - Warren Moon, American football player
1957 - Seán Mac Falls, Irish-born poet
1958 - Daniel Brailovsky, Argentine football manager
1958 - Oscar Nunez, Cuban American actor
1959 - Jimmy Quinn, Northern Irish footballer and football manager
1960 - Kim Wilde, British singer
1960 - Elizabeth Perkins, American actress
1962 - Kirk Hammett, American guitarist (Metallica)
1962 - Jamie Moyer, American baseball player
1963 - Dante Bichette, American baseball player
1963 - Peter Schmeichel, Danish footballer
1963 - Len Bias, American basketball player (d. 1986)
1966 - Jorge Camacho, Spanish poet
1967 - Jocelyn Lemieux, Canadian ice hockey player
1968 - Barry Hunter, Northern Irish footballer and manager
1968 - Romany Malco, American actor and music producer
1968 - Gary Sheffield, American baseball player
1968 - Owen Wilson, American actor
1969 - Sam Cassell, American basketball player
1969 - Duncan Sheik, American singer
1969 - Ahmed Helmi, Egyptian actor
1970 - Elizabeth Anne Allen, American actress
1970 - Mike Epps, American actor
1970 - Megyn Kelly, American television news anchor
1970 - Johan Liiva, Sweden vocalist (Arch Enemy)
1970 - Peta Wilson, Australian actress
1972 - Jessi Alexander, American country music singer/songwriter
1972 - Robert Shapiro, American politician/humorist
1973 - Nic Pothas, South African/English wicket-keeper
1974 - Chloë Sevigny, American actress
1975 - David Ortiz, Dominican baseball player
1975 - Jason Williams, American basketball player
1975 - Anthony McPartlin, British actor and television presenter
1975 - Shawn Camp, American baseball player
1976 - Shagrath, Norwegian singer (Dimmu Borgir)
1976 - Mona Zaki, Egyptian Actress
1977 - Trent Barrett, Australian rugby league footballer
1977 - Fabolous, American rapper
1978 - Damien Johnson, Northern Irish footballer
1980 - Junichi Okada, Japanese singer (V6)
1980 - Dustin Kensrue, American Singer/Songwriter (Thrice)
1980 - François Duval, Belgian rally driver
1980 - Luke Chadwick, English footballer
1980 - Minori Chihara, Japanese voice actress/singer
1981 - Christina Vidal, American actress
1981 - Gian Magdangal, Filipino singer and actor
1983 - Jon Johansen, Norwegian software developer
1983 - Travis Buck, American baseball player
1984 - Johnny Christ, American musician (Avenged Sevenfold)
1984 - Ryohei Chiba, Japanese singer w-inds.
1985 - Christian Siriano, American fashion designer
1986 - Nic Sampson, New Zealand actor
1988 - Jeffrey Jordan, American college basketball player; son of Michael Jordan
1988 - Montanna Thompson, English actress
1992 - Nathan Kress, American actor
Mickey Mouse e eu



44

Hoje 18 de novembro é meu aniversário!!!!
O que eu gostaria de ganhar de presente?
qualquer coisa vermelha!!!!

Obrigada Paçoca

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

testando

Sempre gentil o Jôka me ensinou a postar um video do youtube. Obrigada Jôka P.




Um das coisas que mais me atrai nos bloggs é a gentileza e a generosidade dos blogueiros com os quais tenho a sorte de me comunicar.

domingo, 9 de novembro de 2008

Fim de semana no Rio




Menu da Sexta Feira;
Salada de quinoa com pupunha (maravilhosa)
camarão com pistache
mix de legumes tipo batata palha, champanhe (bem gelada) a noite toda.
Mousse crocante de chocolate.
Não me arrependo, por isso não vou engordar.
Fui dormir às 3:30hs
acordei no sábado com um montão de barulho de celular e despertador e meio zonza perguntei:
o que esta acontecennnnndo?
Temos que ir á escola com as meninas porque elas tem apresentação de trabalho.
AHHHH! me lembrei a tal da Culminância!!! Lembrei também das ameaças: "-mãe se a gente não for a gente perde dois pontos na média!!!
Contra fatos não há argumentos, fomos pro colégio no sábado ver a culminância. (nome um tanto esquisito) Esquisisto de estranho.
Ainda perambulando pelo pátio do colégio, o celular tocou e uma querida amiga nos convidou para passarmos o dia com ela e a família(marido e duas filhas) na Barra.
Adoramos este casal de amigos, eles resolveram se casar há pouco tempo, e eu dei a eles as "flute". Ela emocionada, guardou champanhe maravilhosa para brindarmos juntos com as taças novas a vida nova.
Menu de sábado:
Linguini com shitake fresco e alho bem picadinho e salada verde.
Sorvete de chocolate com gengibre (delicioso)
Conversamos de tudo, nossas filhas brincaram bastante, a caçula ainda esta em ressonância de tanto pular no pula pula.
No fim da tarde fomos andar na praia, pela areia que é como eu mais gosto.
Hoje domingo, o marido e a fiha mais velha foram à praia. A caçula foi"""" estudar"""" história na casa de uma amiga e eu fiquei em casa.
Fomos almoçar na gávea com cunhado sobrinhas.
Menu de dominhgo:
Linguiça, picanha, arroz com brócolis, bolinho de bacalhau, chopp gelado farofa de banana.
Depois fui andar na pracinha para ver as antiguidades.
Dormi o resto do Domingo.
Amanhã vou ter que começar uma dieta.
Fiz iogurte natural.
No sábado encontrei um ex namorado dos tempos de escola e ele tinha até ficado bonitinho. Eu fiz de tudo para ele não me reconhecer, mas não deu. Detesto que as pessoas me vejam gordinha assim.
Beijo e boa semana.
Paçoca

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

habemos obama!!!!!

Na verdade não entendo nada de Política internacional.
Mas não precisa ser nenhum expert para perceber que o mundo ocidental ficou muito contente com a vitória do Obama.
E o que é bom para o mundo ocidental as vezes é bom para mim. Será???
De qualquer forma sigo fazendo a minha parte.

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Engarrafamento

Sei não, meu trânsito de saturno (cof,cof,cof,cof,cof aiii...) esta pior do que engarrafamento em São Paulo em véspera de feriadão.
Na quinta a empregada bateu na porta do meu quarto, eu ainda dormia, e ela estava toda arrumada dizendo que ia embora.
HUmmm o quê? embora da onda para onde????? Embora e até nunca mais.
- Mas porque? aconteceu algo? Não só chegou a minha hora!!!!
E se foi.
Ainda perplexa, me arrumei correndo fui pro salão, tinha hora marcada para pintar o cabelo.
Pintei o cabelo e a mulher que pintou disse, sua sombrancelha tem uns braquinhos , eu vou pintar também.... E tascou tinta na minha sombracelha.
Já toda bela e parecendo mais nova. Fui pegar as meninas na escola.
Quando atravessava a rua, um gelzinho que a mulher tinha passado pra tinta não escorrer, escorreu no meu olho e eu quase fiquei cega.
Senti muita dor. passei dias deitada com os olhos fechados, lacrimejando, colocando pomada e colirío. E agora já estou melhor.
OOOOppps melhor do olho porque peguei uma terrível gripe que o meu marido carrega há umas três semanas. Que os lsintomas são: dor de cabeça horrível, tosse, que faz doer a alma, febre o dia todo.
Bom, sem empregada, com duas filhas para criar, alimentar, uma delas já pegou a gripe. marido em casa... Socorro..... depois escrevo mais beijo da Paçoca
Não reli

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

srzd

O Sidney Rezende foi demitido da CBN.
Veja porque com ele mesmo!!!

Família

Recebi esta oração da minha irmã.
Continuando o projeto de uma cidade melhor feita de homens melhores,
que tal rezarmos um pouco???
Cuide-se bem e cuide da sua família também.

ORAÇÃO DA FAMÍLIA
Bem debaixo, Senhor, da tua asa,

coloca a nossa casa.

Nossa mesa abençoa, e o leito, e o linho,

guarda o nosso caminho.

Brote, em torno, o jardim, frutos e flores,

em nossa boca, louvores.

Conserva pura a fonte de cristal,

longe o pecado e o mal.

Repele o incêndio, a peste, a inundação,

reine a paz e a união.

Bem haja na janela o azul do dia,na parede, Maria.

Encontre a noite quieta a luz acesa,quente sopa na mesa.

Batam à porta o pobre e o viajor,

e tu mesmo, Senhor.

Tranqüilo seja o sono sob a cruz

que a outro sol conduz.

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Espontaneidade



Não perca no blowg um video em que o recém eleito prefeito dedica a sua vitória ao homem que mudou a maneira de fazer política no Brasil!!!!.
kmfakslfkasjfioawefkslvnahaks
Nosso novo prefeito é um excelente ator.
Nosso governador um ótimo ventriloquo.
Um dupla mais do que sertaneja para um teatro de fantoches.
Achei ontem meu título de eleitora!!! Votei nos dois turnos e na verdade não entendi ainda pra que precisamos de título se podemos votar com a carteira de identidade mesmo.
Você que como eu votou no Gabeira, não desanime!!!
Como ele não ia poder mudar a cidade sozinho, precisaria da nossa ajuda, faça a sua parte.
Não jogue papel no chão.
Não entupa os cruzamentos entre as ruas.
Não suje a rua com os detritos de seu cãozinho, nem com o saquinho plástico que o contém.
Não suje a praia, nem o parquinho nem a pracinha.
Diminua a sua conta de luz, de água, diminua o volume do seu lixo .
Ações que não dependem de dinheiro, nem de prefeito.

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Dois elefantes

Ontem eu escrevi sobre quando andei de elefante e prometi deixar mais alguma coisa para ilustrar melhora o post.Não me acorreu nada que pudesse enfeitar. E resolvi que não ia escrever mais nada sobre o assunto. Fui navegar e dei uma passadinha na casa (virtual) de um poeta que eu conheci (virtualmente) há pouco tempo. O nome dele é Jacinto Correa.
Por lá eu li sobre alguém que leu o livro dele e chorou na dedicatória que ele havia feito para o pai. Na mesma hora me veio à cabeça a imagem da ilustração do livro do Saint-Ex, "O Pequeno Príncipe" Uma jibóia engoliu um Elefante. E me lembrei imediatamente de como eu ficava comovida e chorava escondida quando lia a dedicatória que ele escreveu para o amigo.
"A LÉON WERTH
Peço perdão às crianças por dedicar este livro a uma pessoa grande. Tenho uma desculpa séria: essa pessoa grande é o melhor amigo que possuo no mundo. Tenho um outra desculpa: essa pessoa grande é capaz de compreender todas as coisas, até mesmo os livros de criança. Tenho ainda uma terceira: essa pessoa grande mora na França, e ela tem fome e frio. Ela precisa de consolo. Se todas essas desculpas não bastam, eu dedico então esse livro à criança que essa pessoa grande já foi. Todas as pessoas grandes foram um dia crianças. (Mas poucas se lembram disso.) Corrijo, portanto, a dedicatória:
A LÉON WERTH QUANDO ELE ERA PEQUENINO"

Sumiu


Alguém viu meu título de eleitor por aí????
Recompensa: bolinhos de laranja com amêndoas e paçoca amor, é claro!!!


Voto Nulo
Eu sou funcionário e ela é bailarina... (Chico Buarque)
Aqui em casa o voto é sempre nulo. Eu voto num e o marido vota noutro.
Pela primeira vez o marido votou comigo no primeiro turno e ajudou a colocar o Gabeira no segundo turno.
Acontece que não podemos deixar de ir a Pampa-linda este fim de semana, e meu paraíso dista 2 horas e meia do meu domicílio eleitoral.
O marido disse que teríamos que justificar o voto.
Não, Não, Não e Não eu bati pé firme.
Faço questão de exercer meu direito de cidadania e voltar para votar.
E o marido disse: -Um voto a mais e um a menos não vai fazer diferença.
E eu bobinha disse: -Um não dois...
Por fim: - Na verdade um a mais faz a diferença e dois também, só que eu vou votar no outro candidato e então o voto aqui de casa como sempre não vai valer nada!!!!
Acho que isto foi só uma tentativa de me convencer a ficar em Pampa-linda um pouco mais...
Inútil já que eu não abro mão do meu voto!!!!
Alguém ai tem uma idéia de onde possa estar meu título de eleitor????
Beijo da paçoca....
O rio de Gabeira, Gabeira, Gabeira.... 43

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Elefante.

Eu devia ter uns sete aninhos, não mais que isso.
Morava em Brasília, D.F.!
Naquela época, não sei se ainda é assim, as pessoas se ajudavam muito, não tinha creche, nem maternalzinho e as crianças entravam para a escola lá pelos seis anos de idade.
Nós somos em quatro lá em casa.
Uma irmã mais velha, e dois irmãos mais novos.
Papai e mamãe sempre trabalharam. Papai arquiteto e mamãe professora de inglês.
Como eu ia dizendo as pessoas se ajudavam muito.
Meus pais tinham um casal de amigos com filhos na mesma idade. Então o leva e trás para a escola era dividido. As vezes o pai de um levava o filho do outro, ou levava todas as crianças. Dependia sempre da agenda deles e do destino de cada um de nós que era bastante diferente.
Numa determinada época eu e meus irmãos passávamos as manhãs no jardim zoológico.
A tia Márcia trabalhava lá, era arquiteta como papai. E como não tínhamos com quem ficar íamos com ela para o trabalho.
Ficávamos perambulando o dia todo, íamos a cantina dos animais e sempre descolávamos alguma fruta. As vezes saíamos da cantina no carrinho de mão que ia levar comida para os animais.
Alguns bichos nós visitávamos sempre. Os ursos, tinha um que sempre pulava dentro da piscininha dele e nós dava um banho com a água que aquele corpanzil espalhava para fora, os leões, o lugar onde ficavam as ariranhas, o viveiro de cobras.
Ficava impressionadíssima quando jogavam animais vivos no viveiro das cobras.
No parquinho brincávamos, e não esqueço das siriemas correndo ao entardecer.
Me lembro uma vez que perguntaram quem gostaria de andar na Neli e eu fui a única que levantei o dedinho.
AH! Neli era a elefanta do Zoo. Tenho muito vivo em minha memória o dia que andei de elefante. Posso me lembrar direitinho da aflição que senti quando já em cima dela não era tão lisinho como eu imaginava. Era bem áspero e cheio de cabelos.
Depois eu continuo, revejo e publico alguma imagem. Minha filha precisa usar o computador para pesquisar sobre reciclagem. Beijo da Paçoca

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Day after day



Ontem foi aniversário de uma grande amiga, e eu só reparei que era dia 20, aos 45 do segundo tempo. De qualquer forma deu preu falar com ela.
Ontem o Jôka saiu do Hospital e foi para casa. O sol vai voltar a Copa
Dia de festa. Comemoremos

Gêmeos



Adoro esta foto.

Somos eu e meu irmão, em brasília D.F.

Ele e eu temos apenas onze meses de diferença. E sempre que ele faz aniversário há 43 anos nós falamos oooobbba hoje estamos gêmeos.

Os nossos aniversários estão chegando e já já estaremos gêmeos. OOOObbbbbaaaa!!!!

Dia crocrante

Em Pampa-linda tem uma caseira que chama Vera.

Quando eu a contratei, ela disse que cozinhava muito bem e eu acreditei.

Na verdade ela não mentiu, só que o que ela achava que era bom estava há anos luz do que eu acho que é bom.

Eu sei que sou um tanto exigente e perfeccionista no que diz respeito a coisas que sei fazer.

E cozinhar é uma delas.

Cozinho muito bem, com capricho e com muita facilidade, (para os meus padrões).

Sei o que estou fazendo e para quem quizer aprender, eu ensino.

Vera aprendeu tudo muito bem. Já tem o "privilégio" de comandar a minha cozinha sozinha e eu não poupo elogios a sua comida, que muitas vezes já sai melhor que a minha, tal é o capricho!!!

A ensinei também a dobrar toalhas e lençóis e a deixar a casa sempre um brinco. A minha e a dela. Faço questão que ela leve os ensinamentos para a casa dela também. Que possa cozinhar na casa dela com os mesmos produtos que temos em pampa-linda e com o mesmo resultado.

Vera fica feliz com o que aprendeu. E sempre que uma coisa fica como ela gosta, ela diz:

"-Tá crocrante!!!"

Um dos meus milhões de projetos é ensinar às pessoas que moram próximas à Pampa-linda a aproveitar e valorizar os produtos da terra. Sempre me dá muita pena ver àrvores carregadas de limões galego que ninguém toca. Eu faço limonada, bolo de limão, torta de limão, limão com mel para dor de garganta e caipirinha... Taioba, também não vejo ninguém tocar, pela vizinhança e eu faço torradinhas com creme de taioba e ovinho ralado por cima, taioba ao aglio i olio, quiche de taioba ou coloco na sopa de tudo para as crianças.
Beijo da paçoca

domingo, 19 de outubro de 2008

No varal




Sofro de criatividade aguda. É sério! Isso não tem graça nenhuma e não me ajuda em nada. Crio um milhão de coisas ao mesmo tempo e não termino nada. Faço um trabalho em cerâmica aqui, reciclo minhas roupas ali, escrevo um texto, desenho num dos meus milhões de bloquinhos. Costuro um pouco, bordo outro pouco. Começo e não termino.


Bom... depois eu termino est post e coloco aqui alguns dos outros trabalhinhos em andamento!!!!




sábado, 18 de outubro de 2008

Sábado no Rio


Para variar um pouquinho hoje é sábado e esta chovendo!!! Para variar eu não sei o que escrever e vou embromando. Palavra esquisita esta... embromando, a impressão que me dá e que ela é a própria embromação.


Estou com problemas no teclado, as letras poiulmne desapareceram do teclado. Fiz datilografia no Senac (certas recordações delatam nossa idade... datilografia no senac é uma delas) e preciso me acostumar novamente a teclar sem olhar, pois olhando eu acabo demorando mais para tentar enxergar as letras que desapareceram. Pensei em comprar decadry ( o marido disse que isso é do tempo do onça). Decadry, tempo do onça, assim não dá!!! Gasto um dinheirão em cremes importados e já no segundo parágrafo vou revelando milhões de rugas de expressão.

Ontem comprei o jogo da vida para as meninas, ainda pelo dia da criança que eu não tinha comprado nada. Nunca tenho muita paciência de jogar com elas, que adoram war, detetive, banco imobiliário. Eu sempre digo que não gosto de jogo de dinheiro, adorava jogar lince, candy land, dominó do mickey e jogo da memória.

Acontece que ontem eu estava com vontade de estar mais próxima delas e então passamos a tarde jogando. Ninguém ligou a tv, nem o micro, nem quiz jogar nenhum daqueles odientos joguinhos eletrônicos.

Poucas vezes ao longo destes anos eu fiquei longe das minhas filhas. Mas agora que elas estão com milhões de outros interesses próprios da idade, sinto que elas estão mais distantes. Procuro respeitar o momento, mas sempre que posso invento algo para fazermos juntas. As três amigas como costumamos dizer quando estamos juntas.

Agora elas sairam, foram para casa das primas e só por isso eu estou aqui escrevendo.

Fui à manicure, pintei as unhas de Pitanga, há um tempão eu procurava este esmalte que é bem cafoninha. Às vezes para variar um pouquinho eu que tenho um estilo mais para o clássico ouso um pouquinho. O tal do pitanga tem cheiro de pitanga, e o tempo todo eu sinto este cheiro e me pergunto: Que cheiro é este.- Ah! é do esmalte eu me respondo.

Na verdade o esmalte não vai durar muito. O marido ligou insistentemente para o meu celular enquanto eu estava fazendo compras e eu fiquei um tempão procurando o fujão na bagunça da minha bolsa de mulher. Encontrei, atendi, não era nada de urgente e quando cheguei em casa notei que meu esmalte estava todo arranhado!!!

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Navegar é preciso...

Cada dia acordo mais cedo!!! Hoje o galo cantou às 4:00 que daqui há alguns
dias serão 5:00.
Subo correndo, vejo se alguém passou por aqui. Não ninguém. E começo a
navegar...
Entrei no marinaW, lá sempre tem novidades e não tinha e fui
navegando pela lista dela. No Srzd, li sobre o Gabeira
e o Paes, um fumou maconha outro não fuma mais...
Blá, blá, blá o que eu tenho a ver com a saúde deles, eles é que tem a ver
com a minha!!!!
Voltei pro marinaw, cliquei no garotas que dizem ni e
tinha um texto legal de quando ela fazia terapia aos nove anos de idade. Gostei
muito, vou recomendar às mães que conheço e que não querem ouvir falar de
psicólogas para os seus. Ainda que os pimpolhos estejam babando verde!!!
Depois fui no Zeca Camargo, nada de novo, uma lista enorme de
músicas que não acaba nunca e que terminou hoje!!!
Dei uma passdinha na Cora Rónai que comprou uma geladeira
nova.
Passei não sei aonde e tinha umas cartas da Camille Claudell,
cliquei no site dela e bom era em francês e deixei para mais tarde, já que o meu
francês eu treino no Larrousse gastronomique e acho que não seria o suficiente
para entender. Confesso que vou tentar.
Não sei a que horas passei pelo Gabeira e tentei copiar aquela propaganda
que todo bloggueiro tem, mas eu não... Por isso peço que votem nele e coloco
esta foto que combina comigo que adoro vermelho e adoro nadar.
Vote No Gabeira
43.


Na verdade comecei est post para falar do Machado de Assis. Fui num site
(acho que é o do Ministério da Educação) que tem todo a obra do Machado de
Assis. Imperdível, cada vez gosto mais dele.

"Quem as quiser ler pode fazê-lo, uma vez que seja assinante do meu
jornal, ou o compre por 500 rs.;
quem não quiser, que não queira, porque para mim é o mesmo,
e estamos em um país constitucional, em que a vontade do
cidadão é livre e a da cidadã depende da do marido, do pai, ou do irmão."

Vou tentar deixar o link aqui.

http://portal.mec.gov.br/machado/arquivos/html/cronica/macr02.htm