segunda-feira, 17 de maio de 2010

Simples Assim


Ainda falando sobre o amor, sei lá o que me deu!
Nunca me esqueci da cena de um filme, que por coincidência eu assisti no Leblon 1 (quem leu minha postagem sobre o Love Story vai lembrar-se).
Laços de Ternura, com Shirley MacLayne, Debra Winger e Jack Nicholson.
Debra Winger está numa cama de hospital prestes a morrer de câncer, o marido, ou melhor o exmarido que a tinha traído com uma aluna pergunta o que ele pode fazer para ela. E a resposta:
Eu sempre pedi tão pouco e vocês nunca puderam me dar!!!
Escrevo de memória, da memória que me ficou quando eu vi o filme e que vem junto com mina maturidade (ou imaturidade) e vivências até aquele momento.
Pensando bem, ainda penso assim. ... Não precisamos dar diamantes, algum dia se podemos dar uma rosa com amor todos os dias.

4 comentários:

Anônimo disse...

Voce e muito lindinha!!! Falando de amor!!!
Muito amor pra voce.
Beijocas
Re

Chica disse...

A coisa deve ser feita em pitadas diárias e sempre.Depois, nada adianta, nem um carregamento de outro...beijos,chica

Bípede Falante disse...

As pessoas estão muito embrutecidas, mas tanto que só interessam-se por pedras. Se você dá um afago ou uma flor, ignoram.

Tertúlias... disse...

Leia (o quanto antes possível) "Nossa cidade", uma peca teatral de Thorton Wilder! Promete... é exatamente sobre este tema!!!!!!!!!!! Voce vai AMAR!!!!!!!!