sábado, 18 de dezembro de 2010

“Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do tamanho da minha altura.”

A frase acima encontrei no Livro do Desassossego do Fernando Pessoa. E no mesmo dia encotrei este poema  com a mesma frase entre aspas é claro!!!
Eis o poema:


RECOMEÇAR
Não importa onde você parou …
em que momento da vida você cansou…
o que importa é que sempre é possível e necessário “Recomeçar”.
Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo…
é renovar as esperanças na vida e o mais importante…
acreditar em você de novo…
Sofreu muito nesse período? Foi aprendizado.
Chorou muito? Foi limpeza da alma.
Ficou com raiva das pessoas? Foi para perdoá-las um dia.
Tem tanta gente esperando apenas um sorriso seu para “chegar” perto de você.
Recomeçar…
hoje é um bom dia para começar novos desafios.
Onde você que chegar?
Ir alto… sonhe alto…
queira o melhor do melhor…
pensando assim trazemos pra nós aquilo que desejamos…
Se pensarmos pequeno coisas pequenas teremos ….
Já se desejarmos fortemente o melhor e principalmente lutarmos pelo melhor, o melhor vai se instalar em nossa vida.“Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do tamanho da minha altura.”
Paulo Roberto Gaefke.

5 comentários:

Anônimo disse...

Você continua a percepção fina e aguçada. Beijos, Felipe Pena

Chica disse...

Muito lindo esse texto! Que tenhas um lindo fds! beijos,tudo de bom,chica

Tertúlias... disse...

Brilhante percepcao,
beijos
Mikhail & Margot (que está aqui dese 10 dias!)

Tertúlias... disse...

Marcia, um FELICÍSSIMO 2011 para voce e para os teus! Ricardo & Neyde

Tertúlias... disse...

Hoje, dia 05.01.2011, depois de ter lido que voce andava triste, aqui de novo as palavras de Wiliam Saroyan, que publiquei:

"In the time of your life, live.
Seek goodness everywhere, and when it is found, bring it out of its hiding place and let it be free and unashamed.

Discover in all things that which shines and is beyond corruption.
Be the inferior of no man, or of any men be superior.
Remember that every man is a variation of yourself.

In the time of your life, live -
so that in that wondrous time you shall not add to the misery
and sorrow of the world,
but shall smile to the infinite delight and mystery of it."

William Saroyan